http://leigos.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/375695banner1.jpglink
http://leigos.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/579349banner2.jpglink
http://leigos.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/644325banner3.jpglink
Pemba

A cidade de Pemba, tem acolhido projectos dos LBN desde 2001. Porém o Projecto “Solidários com Pemba”, que ocorreu entre 2004 e 2006 foi o mais extenso e também o mais importante no que se refere à cooperação na área da educação e ao trabalho missionário da pastoral na paróquia Maria Auxiliadora. A última acção dos LBN em Pemba ocorreu no verão passado (2010), com o projecto “Pontes de Comunhão”.

(2010) Pontes de Comunhão

A acção centrou-se no apoio a estudantes, às crianças e monitoras das escolinhas e na formação de jornalistas para a criação de um jornal diocesano. Veja o vídeo deste projecto, assim como as fotos.

Vídeo 1:

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

Vídeo 2:

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

Vídeo 3:

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.



(2004-2006) Solidários com Pemba

1. Origem do Projecto
Este projecto teve origem, por um lado, nas experiências adquiridas ao longo dos vários projectos já realizados pela OMAS/LBN em Moçambique nas áreas da educação e acção social e, por outro lado, nos pedidos de ajuda feitos à nossa ONGD a partir do terreno de missão pela Sociedade Missionária da Boa Nova, que trabalha desde 1957 em Pemba, na Província de Cabo Delgado (Norte). Esses pedidos dizem respeito, essencialmente, às áreas da educação, saúde e acção social, sendo o caso da educação um dos que mais necessita de meios humanos e também materiais.

2. Voluntários
Três voluntários partiram para a cidade de Pemba em Fevereiro de 2004 (Ana, Amélia e Bruno) cumprindo a sua missão no final do ano. Em Janeiro de 2005 partiu uma nova equipa de três pessoas (Amélia, Óscar e Glória) que permaneceu no terreno por dois anos.

3. Objectivos
Os objectivos a alcançar, desde logo perspectivando a duração do projecto ao longo de vários anos, foram os seguintes:
- apoiar o trabalho de instituições de solidariedade social locais;
- contribuir para a melhoria da qualidade do ensino no Colégio Diocesano Dom Bosco;
- contribuir para a melhoria da educação e alimentação nas escolinhas da Paróquia Maria Auxiliadora, frequentadas por mais de 700 crianças;
Estes objectivos englobam-se num terceiro objectivo de base, fundamental e estruturante, que é a melhoria dos níveis de vida da população local.

4. Resultados

Com o projecto "Solidários com Pemba":
- várias instituições de solidariedade social da cidade de Pemba reforçaram a sua acção em número de pessoas assistidas;
- os professores do ESG - Ensino Secundário Geral, da 8.ª à 12.ª classes - do Colégio Diocesano Dom Bosco melhoraram a sua formação pedagógica;
- os alunos do do ESG do Colégio melhoraram o seu rendimento escolar;
- as crianças das escolinhas tiveram uma melhor alimentação e apoio pedagógico;
- a biblioteca do Colégio foi fornecida com livros e outros materiais didácticos.

5. Actividades desenvolvidas
As principais actividades desenvolvidas foram as seguintes:
- trabalho de voluntariado no apoio a instituições de solidariedade social;
- apoio ao fornecimento de alimentação a essa mesmas instituições;
- realização de acções de formação pedagógica para os professores do ESG do Colégio;
- leccionação de duas disciplinas às turmas do ESG do Colégio;
- apoio no fornecimento de bens alimentares às escolinhas da Paróquia de Maria Auxiliadora, bem como apoio pedagógico às actividades das mesmas;
- envio de livros e outros materiais para a biblioteca do Colégio, bem como a organização e estruturação da mesma.


(2006 e 2007) Mais Vida para Ocua

Este projecto, em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade do Minho, levou a Ocua duas equipas de voluntárias em dois anos seguidos.

Estas voluntárias eram estudantes da Licenciatura de Medicina, na Universidade do Minho, e decidiram alargar horizontes ao embarcar numa acção voluntária ao continente africano no âmbito da área curricular “Projecto de Opção”. Esta área permite, a cada aluno, desenvolver um projecto que julgue oportuno para a sua formação. Findo o período reservado para a realização do mesmo (cerca de um mês), decorre uma conferência em que o aluno deverá expor, perante um júri, dados acerca do projecto, e de que forma o trabalho contribuiu para a sua formação técnica e humana.
Estas voluntárias integraram-se numa equipa de saúde que presta cuidados primários e indispensáveis, num posto de saúde rural organizado pelas Missionárias da Boa Nova, em Mahipa, uma área economicamente pobre no Norte de Moçambique.

A população de Mahipa é constituída por 4.000 habitantes. Esta comunidade apresenta sessenta por cento de analfabetos e um grave défice de recursos humanos e materiais, que se traduz numa elevada taxa de mortalidade infantil e marcada incidência de problemas de saúde, nomeadamente malária, lepra, diarreia e desnutrição, doenças facilmente prevenidas e tratadas quando na presença dos recursos apropriados.

Voluntárias:

(2006) – Cindy, Carla e Filomena
(2007) – Carla Pereira e Catarina Ferreira

 
 

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

 
 
 
 
Share